Carregando...
Sem categoria

Evento: 29/09

Existe uma epidemia silenciosa que acomete os seres humanos desde as primeiras sociedades. As dificuldades em erradicá-la transformaram o assunto em tabu até recentemente, quando as comunidades de psicólogos e psiquiatras chamaram a atenção para o fato de  que evitar o assunto não é uma forma de prevenção, mas que falar corretamente sobre esse problema de saúde pública pode salvar muitas vidas. Além disso o estresse e a ansiedade vêm trazendo inúmeros prejuízos de ordem psicológica que aumentam consideravelmente o risco ao suicídio. 

Venha discutir conosco sobre essa temática terça-feira, 29 de setembro, às 17h pela plataforma Zoom. 

Inscrições pelo link: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSeYeuN8BmzJTcMbzMLKtUDcwE2F8gC9lWTZJiKhoLPvmKOTUA/viewform?usp=pp_url

Evento organizado pela Liga Acadêmica de Psicanálise. 

Contato: @lapsiuniptan

Currículo dos participantes:

Maria Cláudia Canto Cabral
Possui graduação em Direito – UDF Centro Universitário (1997). Especialização em Direito Público pela Universidade Gama Filho (2006). ,Foi coordenadora-geral de cooperação internacional no Ministério da Justiça e Coordenadora Geral no Ministério da Cultura duas vezes (Articulação e Integração de Programas e Políticas e Fundo Nacional de Cultura) e DAS 102.4 – Presidência da República como Assessora Internacional. Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito Público, atuando principalmente nos seguintes temas: cooperação jurídica internacional em matéria penal, direito penal, direito constitucional, direito de estrangeiros, direito administrativo, direitos humanos, com ênfase nos direitos culturais. Atua hodiernamente como terapeuta em Constelações Familiares e Somatic Experience (SE), certificada. Pós graduanda em Direito Sistêmico. (Texto informado pelo autor)

Maria Julia é discente do 6º período no Curso de Psicologia UNIPTAN. Foi voluntária do Programa Institucional de Voluntariado de Iniciação Científica do UNIPTAN – PIVIC/UNIPTAN aonde desenvolveu a pesquisa “A prevalência da automutilação na idade adulta: uma visão psicanalítica”.

Diego Galli tem 20 anos e é aluno do 6° período de Psicologia do UNIPTAN. Presidente da LAPSI – Liga Acadêmica de Psicanálise, a quase dois anos atua no projeto de extensão “Precisamos Falar Sobre Suicídio” que tem como objetivo a promoção da saúde no campo escolar, com parceria em escolas da rede pública e particular da cidade de São João Del Rei, onde é trabalhada a temática do suicídio com adolescentes que antecedem o grupo de risco, realizando oficinas, palestras e rodas de conversa. Participou do I Simpósio de Prevenção ao Suicídio da USP em 2019. Apresentou seu projeto em congressos e deu visibilidade ao tema que se torna cada vez mais necessário e abrangente atualmente.

Link para a reunião: https://afya.zoom.us/j/96603747019
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *